domingo, 23 de agosto de 2009

A consolidação do Capitalismo !!! (2º Aula)




No sec. XVI o capitalismo se consolidou no mundo, esse sistema econômico evoluiu gradativamente até ser dominante. Para a sua solidificação ele passou por três etapas importantes uma comercial, outra industrial e por fim a etapa financeira.

A primeira etapa ocorreu com a sua instalação na Europa, no sec. XVI o heliocentrismo causou uma grande movimentação na sociedade, afinal tal teoria (elaborada por Nicolau Copernico e mais tarde confirmada por Galileu Galilei) desmentia conceitos inabaláveis no período, a teoria heliocêntrica afirma que o sol é o centro do universo e não a terra como se pensava antes .

No sec. XV as grandes navegações ocorreram, com o intuito de marcar novas rotas comerciais e expandir o território europeu. René Descartes destaca-se como filosofo nesse período por ser um pensador revolucionário, mesmo surgindo de uma sociedade feudalista. “Penso logo existo” , frase essa que Descartes criou utilizando-se do beneficio da dúvida, ele impulsionou o movimento iluminista, que é o principio do ideal capitalista que se hoje.

A revolução industrial também fez parte da instalação do capitalismo na Europa, o trabalho era livre, e famílias inteiras trabalhavam por pouco dinheiro, a mercantilização ocorreu , e outro grande filosofo se destaca no crescimento da teoria capitalista Montesquieu. Ele define que o estado que cria as leis não pode julgá-las e executá-las, afinal é impossível que exista um conjunto de regras que garanta a liberdade do ser humano se o sistema funciona assim.

A partir disso Montesquieu organiza o estado e divide os poderes em executivo, legislativo e judiciário, cada um com uma respectiva finalidade dentro do estado, por fim cria-se o conceito de acumulo de capital, e a necessidade de ascensão do ser humano principio básico do capitalismo , o crescimento social.

A segunda etapa é sua consolidação internacional de caráter industrial, os países passam a depender economicamente de bancos internacionais como FMI e BIRD, e as potencias mundiais são formadas, e influenciam politicamente o mundo todo.

Os países passam a se organizar para tornarem-se grandes potencias, um exemplo dessa corrida por ascensão política e econômica , e o BRIC (Brasil, Rússia, Índia, China), união de países emergentes que querem deixar a categoria de subdesenvolvidos , mas para garantir tal mudança precisam romper vínculos com bancos internacionais.

A tecnologia , a industria cultural e a comunicação em massa se fortalece nesse período, e o que marca essa segunda etapa de consolidação do capitalismo é o êxodo rural, as pessoas saindo de seu território para buscar em regiões industrializadas melhores condições de vida.

E por fim a terceira etapa e extremamente importante porque garante a unanimidade do capitalismo no mundo, é a de caráter financeiro, ou seja, a globalização. É nesse momento que o ideal comunista cai, e países como E.U.A e a União Européia se fortalecem.

Após a segunda guerra mundial e com o capitalismo contemporâneo firmando-se diante da sociedade acompanhado de fraudes e corrupção, a humanidade sente a necessidade de criar organizações que controlem as grandes potencias, cria-se a ONU ( Organização das Nações Unidas) com essa função de controlar e manter a paz entre as nações, e suas organizações de apoio, (OMS, OPEP, OMC, UNESCO, OEA, UNICEF).

Enfim o capitalismo se solidifica como sistema econômico mundial, e a marca dessa terceira e ultima etapa é a industrialização crescente vivenciada nos dias de hoje pela humanidade.

3 comentários:

Carlos disse...

É sempre bom dar uma conferida SUPER básica nesses blogs antes de fazer alguma avaliação! :D

Francisca Luz disse...

gostei! muito bom!.

kidrauhl Gomesjb disse...

vale apena?

Postar um comentário